Francisco Moura Campos

Paralelamente à atividade como engenheiro, foi editor de poesia e lançou vários poetas pela Editora Metrópolis, da qual foi sócio diretor em 1986. Durante anos trocou experiências literárias com Carlos Drummond de Andrade. Exerce ou exerceu atividades nas seguintes entidades cultu­rais: União Brasileira de Escritores – U.B.E., Centro de Encontro das Artes – CENA, Clube de Poesia de São Paulo e Grêmio Ipê de Hai­cai. Participa ativamente, há trinta e cinco anos, da vida cultural de São Paulo. Realiza performances, saraus literomusicais, ofi­cinas de poesia e palestras sobre sua obra. Começou a publicar em 1980 com O Sorriso do Drama (Massao Ohno/Hoswitha Kempf) e, em 2010, o livro Ponteios da Madrugada (Li­miar) recebeu o prêmio PROAC – Secretaria da Cultura de SP. É membro do júri do Prê­mio Literário Livraria Asabeça e do Prêmio Portugal Telecom de Literatura.
 Fonte: http://www.ube.org.br/biografias-detalhe.asp?ID=94, 18-04-2012.

Premios

Outras Publicacoes