Índigo

 

Índigo é autora de As aventuras de Glauber e Hilda, Um pinguim tupiniquim, A maldição da moleira, Perdendo perninhas, entre muitos outros. Sua literatura teve início na internet, no século passado. Foi vencedora do 1O Prêmio Literatura Para Todos, MEC (2006), na categoria contos com o livro Cobras em Compota, que teve tiragem de 300 mil exemplares. Formou-se em jornalismo pela Mankato State University, nos Estados Unidos. Nasceu em Campinas e hoje vive em São Lourenço da Serra, SP. Em 2011 foi uma das autoras convidadas da Flipzona e Flipinha. Começou sua trajetória em 2001 com Saga Animal. Atualmente tem 20 livros publicados, além de participações em coletâneas, traduções e adaptações de clássicos para histórias em quadrinho. Publicou na Itália (Giunti Junior, 2008) Voglio un Cucciolo (Saga Animal). Publicou pela Dedo de Prosa três volumes da Coleção de Aniversários (2014).

 

 

 

 

Finalista do Prêmio Brasília de Literatura 2012 - Gagá, memórias de uma mente pirilampa (Scipione).
Finalista do Prêmio Jabuti 2008 - A maldição da moleira (Girafinha).
 

 

 

Bolsa de Estímulo à Criação Literária - Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo - PAC 2014 - Projeto Maria Antonieta e o gnomo.
Catálogo de Bologna 2009 – O menino que queria voar (Escala Educacional).
Bolsa de Estímulo à Criação Literária - Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo - PAC 2009 - Projeto Um pinguim tupiniquim.
 

Bolsa de Estímulo à Criação Literária – Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo - PAC 2007 - Projeto Um dálmata descontrolado.  

 

Também mantém um site, o http://livrosdaindigo.com.br.

Premios

Outras Publicacoes